Quando a tecnologia faz a diferença

Quando a tecnologia faz a diferença

João Carlos era um avesso à tecnologia. Para ele, a vida deveria ser do jeito que sempre fora.  Ele tinha sua fábrica de calçados e sempre fazia suas anotações nas notinhas do caderno, que ele guardava a sete chaves. O máximo que possuía em sua empresa era uma máquina de escrever.

Um dia, no entanto, ele saiu da empresa e carregou consigo o caderno. Quando saiu do carro, uma forte ventania levou seu caderno e vários anos de anotação de tudo o que entrara e saíra de sua loja se perdera. Com muito custo, ele resolveu então dar uma chance para o computador, onde poderia fazer toda a movimentação de sua empresa. Ele até mesmo decidiu fazer um curso para aprender a manipular aquela nova tecnologia.

Facilitando o trabalho

tecnologia iFood

Aplicativos como o iFood facilitaram a vida das pessoas.

André era um funcionário bem colocado de uma grande empresa do setor calçadista. Ele liderava várias pessoas e era respeitado por todos a sua volta. Mas ele não gostava muito de andar com dinheiro, pois morria de medo de ser roubado.

André, no entanto, não dirigia. E,  aonde quer que fosse, pegava um táxi; porém, a maioria dos taxistas só aceitavam dinheiro. E André não carregava muito consigo.

Um dia, ele estava sem notas ou moedas para pagar um táxi. Com isso, ele teve que pegar um Uber para chegar à empresa onde iria dar um treinamento. E a distância era longa: cerca de 15km de lá até sua residência. Assim sendo, André foi aconselhado por um amigo a baixar o Uber. E, mesmo a contragosto, ele usou o aplicativo, pagando metade do valor que pagava em corridas de táxi. Desse dia em diante, André não mais relutou. Passou a usar o app em todas as suas corridas.

Agilizando as atividades

Mariana era dona de uma loja de acessórios para calçados. Ela tinha vários funcionários e vivia sempre atarefada. Em sua empresa, no entanto, os funcionários gozavam de uma boa estrutura: local para dormir, cozinha própria e sem desconto no salário dos empregados. Todos viviam muito satisfeitos com a comida de dona Rosinha, a cozinheira da firma.

Um dia dona Rosinha teve febre e não teve como ir ao serviço. Sem ter como contratar alguém de última hora, Mariana ligou para alguns restaurantes de confiança, mas todos eles não conseguiam atendê-la em seu pedido. Uma funcionária, no entanto, aconselhou-a a baixar um aplicativo de entregas de comida. Mas Mariana não confiava naquela tenologia. Depois de muita insistência, ela convenceu a chefe pedir comida por lá.

O valor por refeição não foi tão alto quanto esperava e Mariana descobriu que poderia utilizar o aplicativo em qualquer lugar em que estivesse. Assim, ela não precisaria deixar suas atividades para ir a um restaurante. Além disso, ela agilizaria o gerenciamento de sua loja enquanto esperava o almoço. Ela ganhou mais praticidade para o seu dia a dia e passou a se servir do aplicativo até mesmo quando estava com sua família.

Tecnologia para comprar e vender calçados

Como se vê, a tecnologia veio trazer comodidade para o ser humano. Para você que quer vender ou comprar calçados de forma mais rápida e tecnologia risa shopprática, essa tecnologia responde pelo nome Risa Shop. Com o Risa Shop, você pode comprar ou vender de forma simples, fácil e ágil.

O fabricante pode expor os seus produtos mais interessantes para qualquer lugar do mundo. Por sua vez, os lojistas abrem o leque de possibilidade de compra. Transforme a tecnologia em sua parceira. Compre melhor ou venda mais com o Risa Shop: o aplicativo da Risa que une fabricantes e lojistas.

2020-02-10T21:40:44+00:00